quinta-feira, 28 de julho de 2011

Gente, estou confeccionando lindos sabonetes em diversos tamanhos e formatos, que podem ser usados como sachês e como lembrancinhas de nascimento, aniversário, casamento, etc...

Vejam alguns modelos disponíveis:


Em formato de coração com lacinho. Cores diversas. Ideais para lembrancinhas de aniversário, casamento, etc, ou simplesmente para embelezar o banheiro ou perfumar suas roupas nas gavetas...  Três unidades custam R$ 2,00.


Em forma de coração.  Três unidades custam R$ 2,00.

Em forma de coração com lacinho...

Em forma de coração...

Em forma de coração...

Em forma de carrinhos... Ideal para lembrancinhas de aniversário (meninos) ou de nascimento (meninos)...  A unidade fica por 0,50 (cinquenta centavos)...


Em formato de carrinhos...




Dispomos ainda de outros modelos, mas não deu para colocar todos aqui...  Se quiser mais informações, faça um comentário e lhe enviarei a resposta, ok?   Boa sorte, e que Deus te abençoe...

sábado, 14 de maio de 2011

Cantinho das boas notícias

Postarei aqui algumas boas notícias que conseguir encontrar nos jornais. É um pouco difícil, mas não é de todo impossível... rsrrs


28 de maio de 2011



SISTEMA VIÁRIO

Mais ruas da Zona Sul são recapeadas

Com a conclusão da pavimentação da Capitão Rebelinho, prefeitura deu início neste sábado ao recapeamento da Rua Atlântico. Na próxima semana, será a vez da Rua Amazonas

Publicado em 28/05/2011, às 17h59

Do JC Online

A Prefeitura do Recife dá continuidade a uma série de recapeamentos para melhorar as condições de circulação de veículos na Zona Sul do Recife. Desta vez, o trabalho beneficiará a Rua Atlântico, já a partir deste sábado (28), e na próxima semana, a ação ocorre na Rua Amazonas, ambas em Boa Viagem. Os serviços vão custar R$ 163 mil.
O trabalho acontecerá em uma via por vez para diminuir os transtornos ao tráfego na área. Por isso, o recapeamento será realizado nos cerca de 300 metros que compõem a Rua Atlântico até a próxima quinta-feira (2). Após a liberação da primeira via, a equipe promoverá a reconstituição do pavimento da Rua Amazonas, cuja extensão é de 450 metros. Essa via é o prolongamento da Capitão Rebelinho, que se transformará, em breve, em mais uma via para quem deseja chegar à orla de Boa Viagem.

De acordo com o diretor de Manutenção Urbana da Emlurb, Fernando Melo, o prazo de entrega final das obras é de 15 dias. “Trabalharemos em uma faixa de cada rua por vez para não atrapalhar o trânsito. À medida que concluímos o recapeamento das pistas, iremos liberar o tráfego gradativamente”, detalha.
Após a diminuição das chuvas, em maio, a Prefeitura do Recife intensificou a manutenção da malha viária. Além de realizar, em média, 100 tapa-buracos por dia, foram realizados recapeamentos em várias ruas e avenidas como a Capitão Rebelinho (Boa Viagem), Forte (Cordeiro) e Paralela da Caxangá (Cordeiro).



28 de maio de 2011



Recife moderniza rede de semáforos a partir deste sábado

No total, 210 cruzamentos serão beneficiados. O primeiro grupo que recebeu os novos equipamentos fica na Avenida Agamenon Magalhães com a Rua Bandeira Filho, no Parque Amorim, bairro do Derby, área central do Recife

Publicado em 28/05/2011, às 11h11

Do JC Online

Na madrugada deste sábado (28), a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) iniciou o trabalho de modernização da rede de semáforos da cidade. No total, 210 cruzamentos serão beneficiados. O primeiro grupo que recebeu os novos equipamentos fica na Avenida Agamenon Magalhães com a Rua Bandeira Filho, no Parque Amorim, bairro do Derby, área central do Recife.

No local, foi trocado o gabinete, o controlador do sinal e alguns cabos de comunicação. Além disso, o cruzamento recebeu uma bateria, que irá garantir por até três horas o funcionamento do aparelho na falta do fornecimento de energia elétrica.

Segundo o gerente de Sinalização Semafórica da CTTU, Nelson Nogueira, que acompanhou todo o processo de instalação do equipamento, a operação desta madrugada transcorreu dentro da normalidade. “Importante ressaltar que com esse novo sistema, além da bateria acoplada, quando ela for acionada nós saberemos da central que isso ocorreu e também nos informará o quanto de carga ainda resta”, frisou.

CRONOGRAMA - A cada mês um novo conjunto de vias serão reformados, num custo total de R$ 2.158.650 e com a previsão de conclusão em quatro meses. Após a Avenida Agamenon Magalhães, também passarão pelo processo de modernização os semáforos das avenidas Caxangá (15), Norte (18), Dois Rios (04) e da Rua Real da Torre (03).

O trabalho continua nas seguintes vias: Abdias de Carvalho (8); Mascarenhas de Morais (20); Recife (10); Benfica (06); e José Bonifácio (04). Em julho, será contemplada a área dos bairros de Boa Viagem e Pina, com as avenidas Boa Viagem (13); Conselheiro Aguiar (16) e Domingos Ferreira (21). Por fim, em agosto, receberão as melhorias os equipamentos das avenidas Conde da Boa Vista (08); 17 de Agosto (11), Rosa e Silva (07); Rui Barbosa (07); Cruz Cabugá (06) Beberibe (12); ruas 48 (03); Joaquim Nabuco (06) e do Espinheiro (03).





28 de maio de 2011



Ministro das Cidades participa da entrega de mais de 400 casas populares no Sertão

Publicado em 28.05.2011, às 16h30

Do NE10Núcleo SJCC/Petrolina
O ministro das Cidades, Mario Negromonte, participa em Petrolina, no próximo dia 21 de junho, da entrega de casas do conjunto Vila Esperança. A informação é da prefeitura do município. Ao todo, 404 famílias que possuem renda entre 1 e 3 salários mínimos serão contempladas. As residências foram construídas com recursos do Orçamento Geral da União e do BNDES; e fazem parte do programa Minha Casa, Minha Vida.
“Será um momento importante para Petrolina, no qual poderemos concluir essa primeira etapa do Programa 'Minha Casa, Minha Vida, beneficiando todas essas famílias que têm o sonho de adquirir a sua casa própria. Hoje nos orgulhamos em  ter o maior programa habitacional do estado e isso é fruto de um trabalho forte que estamos desenvolvendo junto com o governo federal, para acabar com o déficit habitacional na cidade”, destaca o prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio(PMDB).





21 de maio de 2011



Brasil tem 1ª escola ecológica
Rio de Janeiro inaugura primeira escola ecológica do país


A primeira escola ecológica do país foi inaugurada nesta sexta-feira, 20, em um dos bairros mais carentes do Rio de Janeiro, Santa Cruz, zona oeste da cidade. O colégio estadual Erich Walter Heine possui instalações que captam a água da chuva para ser usada nos sanitários, jardins e na limpeza da escola, com economia de 50% da água potável. As lâmpadas LED em todo o edifício reduzem em até 80% o consumo de energia.

O formato de cata-vento da construção e o telhado verde reduzem a temperatura, em uma região em que o calor ultrapassa 40 graus Celsius no verão. A escola está entre as 121 instituições no mundo com certificação Leed Schools (de liderança em energia e design ambiental) e é a primeira escola de ensino médio profissionalizante da região, que tem um dos menores índices de desenvolvimento humano do município.

A iniciativa faz parte de um convênio entre o governo do estado e a empresa Thyssenkrupp CSA. O investimento de R$ 11 milhões foi arcado integralmente pela siderúrgica, a maior da América Latina.

O diretor de sustentabilidade da empresa, Luiz Cláudio Castro, explicou que a construção da escola estava prevista dentro do projeto de compensação por liberação de carbono, e que a ideia de uma construção sustentável surgiu para contribuir para reduzir os gases de efeito estufa.

Desde fevereiro, cerca de 200 alunos estudam na escola que foi oficialmente inaugurada hoje com a conclusão da piscina e da quadra poliesportiva. O estudante Leonardo Andreol, 15 anos, passou na prova seletiva para o colégio que oferece especialização em administração, com um computador por aluno e lousas digitais, com acesso à internet. “É uma escola diferente e aqui estou aprendendo que se a gente não conservar a natureza agora vai ficar bem difícil para as próximas gerações”.

O professor de química Agnaldo Pereira dos Santos disse que esta é a primeira vez que vê seu trabalho ser valorizado em seus 16 anos de magistério. “É muito gratificante, porque a gente [professores] já está há um bom tempo no estado e nunca havia visto uma resposta dessa, com laboratório dessa qualidade e alunos dedicados”.

O governador do estado, Sérgio Cabral, visitou a escola e em seu discurso a alunos, moradores, pais e professores, prometeu um notebook para cada estudantes do estabelecimento. “O que vocês encontraram aqui é totalmente diferente da realidade das escolas do estado. Aqui, vocês vão aprender a serem empreendedores. Por isso sei que vão curtir e cuidar de cada metro quadrado e se dedicar muito para saírem com uma formação extraordinária”.

Fonte: http://emsergipe.globo.com/noticias/visualizar/163955/brasil/Educa%C3%A7%C3%A3o



16 de maio de 2011



Pernambuco lança projeto que vai oferecer mais de 5 mil vagas para cursos técnicos



Jovens e adultos de baixa renda poderão se inscrever a partir desta terça (17), até o próximo dia 22, em um dos cursos de qualificação profissional gratuito a serem oferecidos pelo Sistema S (por meio do Senai e Senac), em parceria com o Governo do Estado. Até o final deste ano, serão ofertadas 5,1 mil vagas distribuídas na Região Metropolitana do Recife e interior de Pernambuco, por meio do projeto Novos Talentos.

Veja os cursos que serão ofertados:



SENAI

» Caldeireiro montador
» Eletricista industrial
» Mecânico de Manutenção em geral
» Operador de processos logísticos
» Instalador de tubulações industriais
» Armador de ferragens
» Carpinteiro de obras






SENAC

» Vendedor
» Programador web (web design)
» Operador de supermercado
» Recepcionista
» Auxiliar de operações em logística
» Editor gráfico
» Cozinheiro básico
» Operador de telemarketing
» Manicure e pedicure
» Camareira em meios de hospedagem
» Bartender
» Jardineiro
» Agente de informações turísticas



Confira os municípios onde serão realizados os cursos:


»Recife    »Cabo de Santo Agostinho    »São Lourenço da Mata    »Abreu e Lima »Camaragibe      »Igarassu      »Paulista      »Ipojuca      »Salgueiro      »Caruaru »Arcoverde     »Goiana     »Rio Formoso     »Serra Talhada


A qualificação será focada nas áreas da metal-mecânica, construção civil, comércio, indústria e hotelaria. Podem se inscrever pessoas acima de 18 anos, que tenham concluído o Ensino Fundamental. As inscrições devem ser feitas pelo site www.stqe.pe.gov.br. A partir daí, uma triagem deverá ser feita e os selecionados serão comunicados para comparecer a uma das unidades do Senai ou Senac para realizar a matrícula.

Para as primeiras turmas, serão ofertadas 2.140 vagas com aulas iniciadas no final de maio. O restante das vagas tem previsão de chamada para início de agosto e término em dezembro deste ano. A ação é uma iniciativa da secretaria estadual do Trabalho, Qualificação e Emprego (STQE) e foi lançada, nesta segunda-feira (16), pelo governador Eduardo Campos, no Palácio do Campo das Princesas, área central do Recife.



PARCERIA - Na ocasião, também foi assinado um Protocolo de Intenções entre a Refinaria Abreu e Lima e o governo do Estado, formalizando uma série de ações que devem ser desenvolvidas para qualificar os jovens e adultos para trabalhar na cadeia produtiva de Petróleo e Gás. A ideia é que a mão-de-obra capacitada seja absorvida pelos serviços da região de Suape, em Ipojuca, litoral Sul do Estado.

Segundo o secretário do Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo, Antônio Carlos Maranhão, as ações estão previstas para serem desenvolvidas entre 2011 e 2013. "Pretendemos neste prazo formar 200 professores para atuar como instrutores dos cursos na área; qualificar 20 mil trabalhadores para atuar em Suape; aperfeiçoar 5 mil trabalhadores de Suape e montar em Pernambuco um centro integrado de Certificação Profissional", afirma.




Balança comercial registra superávit de US$ 1,4 bilhão


O saldo da balança comercial brasileira ficou em US$ 1,491 bilhão na segunda semana de maio, informou nesta segunda-feira (16) o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.
Entre os dias 9 e 16 de maio, as exportações chegaram a US$ 5,766 bilhões e as importações a US$ 4,275 bilhões. No mês, o saldo acumulado até a segunda semana atingiu US$ 2,460 bilhões e, no ano, US$ 7,489 bilhões.
Na média por dia útil, o saldo da balança comercial registrou US$ 298,2 milhões na segunda semana e, no mês, US$ 246 milhões.
No ano, o saldo médio diário ficou US$ 82,3 milhões ante os US$ 39,9 milhões registrados em igual período de 2010, ambos com 91 dias úteis. O resultado representa um crescimento de 106,1% na comparação.







14 de maio de 2011




Pernambuco recebe R$ 15,2 milhões do governo federal para novos leitos de UTI


O Ministério da Saúde autorizou o investimento anual de R$ 96,4 milhões (tabela ao final do texto) para a habilitação de 629 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no país e na reclassificação de outros 101, que passam a receber maior volume de recursos do governo federal. Pernambuco recebeu pouco mais de R$ 15,2 milhões do total. As medidas já estão em vigor e são resultado do esforço do ministério em ampliar o acesso da população aos serviços públicos de saúde e melhorar a qualidade da assistência oferecida pelo Sistema Único de Saúde (SUS).


Os investimentos beneficiam 53 municípios de 15 estados (Goiás, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Espírito Santo, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Pará, Rio Grande do Norte, Piauí, Minas Gerais, Santa Catarina, Alagoas e Rio de Janeiro), contemplando 68 hospitais.


Do total de novos leitos habilitados, 411 são para tratamento de adultos, 161 para recém-nascidos e 57 para crianças. Os recursos do governo federal serão incorporados ao teto financeiro de Média e Alta Complexidade (MAC) dos respectivos estados e municípios, responsáveis por transferirem os valores às unidades de saúde.


ASSISTÊNCIA – Com a oferta destes 629 novos leitos, a população passa a contar com um total de 16.808 leitos de UTI na rede pública de saúde. Entre 2003 e 2010, o Ministério da Saúde ampliou a oferta leitos de UTI no SUS com mais em 6.660 unidades, a partir de um investimento de R$ 437,2 milhões. Nesse mesmo período, a Pasta reclassificou outros 1.678 leitos de UTI, medida que resultou no aumento do repasse de recursos anuais este bloco de unidades. (Do Ministério da Saúde)






Mais árvores para Gravatá
Publicado em 14.05.2011




Com um ambicioso projeto de arborização urbana em Gravatá, no Agreste, distante 80 quilômetros do Recife, o projeto Cidade Verde já delimitou o espaço do que num futuro próximo será o Bosque Buganville, o segundo criado na cidade. A área de oito mil metros quadrados já está toda cercada. Pronta para receber as duas mil mudas de várias espécies.


Há 15 dias, servidores da prefeitura plantaram 600 mudas numa área perto da Ponte da Fábrica, formando assim o Bosque Caramuru, o primeiro criado pelo Cidade Verde. A meta do projeto é plantar, ao todo, 13 mil mudas até o fim do ano, em todo o município.


Além de escolher áreas às margens do Rio Ipojuca, ajudando na recuperação da mata ciliar, o Cidade Verde, aprovado no Fundo Estadual do Meio Ambiente (Fema), estimula a arborização no Centro de Gravatá. O fundo financia projetos que contribuem para a diminuição das mudanças climáticas.


O valor liberado foi de R$ 40 mil, para um ano de atividade. “Não temos inicialmente como calcular isso, mas é certo que vamos preservar esse clima agradável da cidade”, afirmou o secretário de Meio Ambiente, Aarão Neto, engenheiro agrônomo por formação e especialista em gestão ambiental.


Com os recursos, a prefeitura investiu na seleção de cinco alunos, para formar o grupo de agentes ambientais. A tarefa deles foi ir de casa em casa, numa consulta para saber quem gostaria de adotar uma árvore em sua calçada. Cerca de três mil moradores responderam positivamente.


“Dessa forma, conseguimos traçar uma espécie de mapa da cidade, com os pontos onde colocamos as mudas. A adoção é importante. Temos que ter a certeza de que a população vai cuidar das árvores”, disse o secretário de Meio Ambiente.


O trabalho de plantar as mudas foi dado aos funcionários da Secretaria do Meio Ambiente de Gravatá. Mas a prefeitura pensa na possibilidade de incluir alunos da redes municipal e estadual.


“Árvore é vida e preservação. Essa ação tem com um dos objetivos recuperar a mata ciliar do Rio Ipojuca. Ensinar aos mais jovens que as plantas, de um modo geral, desempenham papel fundamental em nosso cotidiano é também outro ganho do Cidade Verde”, pregou Aarão Neto.







Dilma também libera R$ 164 milhões para obras da Transnordestina

 EM 13 DE MAIO DE 2011
Além da liberação de recursos para a construção de barragens, na reunião entre o governador Eduardo Campos e a presidenta Dilma Rousseff, o Governo Federal autorizou a liberação imediata de R$ 164 milhões para as obras da Ferrovia Transnordestina em Pernambuco.
Os recursos serão repassados via Valec, estatal federal de planejamento e infraestrutura, e vão garantir que os trabalhos de construção da ferrovia continuem em ritmo intenso até o final de julho deste ano.
“A presidenta ainda se comprometeu a fazer uma nova liberação de recursos durante o mês de junho”, disse Eduardo, após a audiência no Palácio do Planalto nesta sexta-feira (13).


Na Paraíba...

Sexta, 13 de Maio de 2011 

Luciano Agra entrega casas neste sábado

Um café da manhã vai marcar a solenidade de entrega das 92 casas na comunidade Jardim Bom Samaritano, no bairro do Cristo Redentor, neste sábado (14). A solenidade vai contar com a presença do prefeito Luciano Agra e será realizada a partir das 8h, na Rua São Lucas, 264, próximo à Rua do PSF da comunidade. As casas de taipa foram construídas em alvenaria, com recursos do Programa de Subsídio à Habitação (PSH).
 De posse da nova morada, a comunidade do Jardim Bom Samaritano também terá o imóvel regularizado, já que muitos não apresentam a escritura definitiva do domicilio. Cada casa é composta de dois quartos, sala, cozinha e banheiro. O PSH é um programa do Governo Federal que, em parceria com o Governo Municipal, tem transformado casas de taipa em imóveis de alvenaria em mais de 40 bairros na capital paraibana.
 Atualmente a Prefeitura possui 3.272 empreendimentos em obras e 2.305 em processo de licitação, subsidiados pelo PSH, em parceria com o Governo Federal. Além desses, o Governo Municipal tem obras sendo financiadas pelo programa “Minha Casa. Minha Vida”, Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social (FNHIS), com recursos do Orçamento Geral da União (OGU) e pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

sexta-feira, 13 de maio de 2011

HISTÓRICO DE CAMARAGIBEPDFImprimirE-mail
No início do séc XVI, se tem a formação da população de São Lourenço da Mata, que foi reconhecida em 1621 como Freguesia e, a 13 de outubro de 1775 foi criado o distrito de São Lourenço da Mata. Recebendo a denominação de município em 1884, desmembrando-se dos municípios de Recife e Paudalho, ocorrendo a sua instalação em 10 de janeiro de 1890. Na sua divisão administrativa o município de São Lourenço da Mata contava com três distritos: São Lourenço da Mata, Nossa Senhora da Luz e Camaragibe.
O distrito de Camaragibe foi criado pela Lei Municipal nº 21, de 05 de março de 1908, seu nome decorre do engenho Camaragibe. Na Divisão Administrativa e Judiciária do Estado para vigorar no qüinqüênio 1939-1943, o nome do distrito aparece grafado Camarajibe.

Em 20 de dezembro de 1963 a Lei Estadual nº 4.988 elevou o distrito à categoria de município, o qual foi extinto em 06 de julho de 1964, por acórdão do Tribunal de Justiça, mandado de segurança nº 59.906, sendo seu território reanexado ao do município de São Lourenço da Mata. Sendo novamente elevado a categoria de município só em 14 de maio de 1982, desmembrando-se de São Lourenço da Mata, segundo a Lei 8.951 do Diário Oficial do Estado de Pernambuco.

O primeiro mandato do governo municipal foi exercido pelo Prefeito Carlos Josimar Lapenda (1984 -1988), seguido dos prefeitos:

Arnaldo Gonçalves Guerra – (1988 – 1992);

João Ribeiro de Lemos – (1992 – 1996);

Paulo Roberto de Santana – (1996 – 2000);

Paulo Roberto de Santana – (2000 – 2004);

João Ribeiro de Lemos – atual prefeito (2004 – 2008);

No que hoje chama-se município de Camaragibe, encontra-se uma série de outras denominações ao longo do percurso histórico.
Em seu espaço pode-se observar um conjunto de usos e ocupações, representado por toda a sorte de equipamentos residenciais, industriais, de comércio e serviços públicos e privados que surgiram em diferentes fases do desenvolvimento da sociedade local.
Por volta do séc. XV, o território era ocupado de forma predominante por uma população Ameríndia (Índios), que se distribuíam em pequenas aldeias, contudo seus registros são escassos. Entretanto, segundo as parcas documentações havia abundância e forte exploração do pau-brasil, esta atividade extrativa comercial dava-se entre os nativos e os europeus. Estes detinham relações sócio-econômicas baseadas na exploração pela força ou através do escambo (troca de mercadorias). Cabe ressaltar que tal comércio em muito influenciou na aglomeração de pessoas e posteriormente a construção de engenhos. A agroindústria açucareira aparece como principal fonte econômica do território de Camaragibe desde meados de 1500, constando no local um bom número de engenhos. Destes destacava-se o Engenho Camaragibe, que tem seu funcionamento datado desde 1549, segundo menção em carta de Duarte Coelho (1º Donatário da Capitania) dirigida ao Rei de Portugal, D. João III, datada de Olinda 02 de maio de 1550. O engenho tornou-se um dos mais prósperos, o que levava a um significativo comércio de açúcar, de escravos e de bens e serviços voltados para esta atividade. No município de Camaragibe verifica-se nos fins do séc. XIX a passagem de uma economia de agroindústria da cana-de-açúcar para outra fundamentada numa economia de base industrial-textil e, em seguida com o declínio das industrias nas décadas de 80 e 90 o terciário assume a predominância como atividade de base da atual economia municipal.
Entretanto, vale ressaltar que a economia de Camaragibe sempre esteve atrelada ao desenvolvimento econômico da capital, que enquanto município conurbado, detem relações de proximidade sócio-econômica, presente nas interações de complementaridades e dependência de sua base econômica, dos serviços de infra-estruturas educacionais, hospitalares, de transporte de cargas e passageiros, alem de serviços de suporte como os financeiros, entre outros. O que demonstra o complexo nível de interações que envolve o território de Camaragibe.

Fonte: CAMARAGIBE-SEPLAMA, Perfil Municipal de Camaragibe. 2007.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010


BANDEIRA DE CAMARAGIBE


A BANDEIRA DE CAMARAGIBEPDFImprimirE-mail

A bandeira de Camaragibe, foi instituida no dia 26 de Agosto de 1983. Seu autor é Adeildo Pereira da Silva.

Seus simbolísmos: O AZUL CELESTE representa o céu puro, o BRANCO a paz, o VERDE as matas, as quatro estrelas amarelas diagonais representam a localização do município de São Lourenço da Mata, Paudalho, Paulista e Recife e a estrela central de cor verde simboliza Camaragibe, na esperança de um município que vem surgindo. A cruz vermelha representa a religiosidade. Os ramos representam um arbusto que encontra-se em abundância na região, o camará, de onde originou o nome do município. A faixa branca com a frase fé e esperança significa fé em Deus e esperança em um eterno progresso.





SEMINÁRIO CRISTO REI, EM CAMARAGIBE



                                       CASA SEDE DO ENGENHO CAMARAGIBE




                                                ESTAÇÃO RODOVIÁRIA EM CAMARAGIBE




ASPECTOS FÍSICOS DE CAMARAGIBE
Aspectos Físico-ambientais

A área do município de 55,00km² encontra-se na área onde predominam os tabuleiros costeiros, podendo-se distinguir no município duas unidades geo-ambientais bem definidas: (i) os tabuleiros costeiros dissecados onde foram esculpidos relevo suave ondulado e ondulados observado na porção centro-sul do município que corresponde a porção do município onde a ocupação tem sido mais acentuada; e (ii) os tabuleiros pouco dissecados onde o relevo apresenta-se tabular na porção mais ao norte e a oeste, as conhecidas chãs.

De clima do tipo tropical quente e úmido, com um regime de chuvas de outono/inverno e precipitação anual média de 1.968 mm, com temperatura média de 26°, o período de maior precipitação concentra-se de abril a julho e o período mais seco de novembro a janeiro.

Embora bastante antropizado o município possui áreas de relevante valor ambiental: são bolsões remanescentes de mata atlântica que ainda apresenta uma biodiversidade considerável.

Inserido nas duas bacias mais importantes da RMR – Bacia hidrográfica do rio Capibaribe e Bacia hidrográfica do rio Beberibe, Camaragibe possui importante rede de drenagem com diversos olhos d'água e nascentes de rios com o rio Araçá e o rio Pacas, na região de Aldeia, formadores do do rio Beberibe. Na porção inserida na Bacia do rio Capibaribe destacam-se os riachos Timbí e Besouro e o rio Camaragibe.




ASPECTOS DEMOGRÁFICOSPDFImprimirE-mail

Camaragibe foi criado por força de desmembramento do município de São Lourenço da Mata, através da Lei Estadual nº 8.951 de 14.05.1982. Todo o território do município é considerado urbano, conforme a Lei Municipal nº 32/1997.

O território de Camaragibe abrange uma área de 55,083 km², constando atualmente 150.354 habitantes (Estimativa, IBGE, 2006) o que corresponde a 3.85% da população da Região Metropolitana do Recife - RMR. Consta no município uma densidade de 2.733 hab/km², entretanto, a distribuição da população ocorre de forma desigual e reflete contrastes de desenvolvimento expressos pelas formas de uso e ocupação do espaço, o que vai definir peculiaridades no que tange aos seus problemas e potencialidades detendo duas realidades: uma ao sul representada pelas RPA’s 1, 2, 3 e 4 e outra ao norte expressa pela RPA 5 (Região de Aldeia).

A área sul configura-se como o centro da cidade de Camaragibe e suas áreas urbanas de influência direta, esta área reúne a maior densidade populacional e de equipamentos médico-hospitalares, educacionais, comerciais de diversas naturezas e grande parte dos estabelecimentos industriais do município.

A área norte tem baixa densidade populacional, sendo dotada de amenidades ambientais expressos por diversos fragmentos florestais, boa quantidade de corpos hídricos e clima ameno, conformando paisagens pitorescas.

Camaragibe ocupa a 11ª posição entre as maiores taxas de crescimento populacional do Estado de Pernambuco, figurando com uma taxa geométrica de crescimento anual de 2.91% – no ano de referência de 2000.

Fonte: Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente, 2007.









INFORMAÇÕES GERAIS DE CAMARAGIBEPDFImprimirE-mail

Área: 55,083 (Condepe-Fidem / IBGE: 2001)
População: 150.354 hab (Estimativa, IBGE, 2006)

População: 144.506hab. (IBGE, Censo 2010)

Homens: 69.237hab. (IBGE, Censo 2010)

Mulheres: 75.269hab. (IBGE, Censo 2010)

Temperatura: 26° C

Clima: Tropical quente e úmido

Índice de desenvolvimento humano - IDH geral: 0,747

Índice de desenvolvimento humano - IDH renda: 0,636

Fonte: IBGE / Atlas de Desenvolvimento Humano / Agência CONDEPE-FIDEM.
















Restaurantes em Camaragibe:

Centro Comercial Tempo & Tempero...
Restaurant Beira Rio
Calabria Pizza
Ki Delicia Bolos
Picanha do Parque
Churrascaria Galetos - Timbi


Hotéis e Pousadas:

Chalés de Aldeia Fone: (81) 4116-0929
Hotel Campestre de Aldeia Fone: (81) 3459-1107
Pousada Aldeia dos Camarás Fone: (81) 3458-2280
Pousada Geriátrica João de Deus Fone: (81) 3456-4527


TURISMO LOCAL

É a região de Aldeia, o ponto mais alto de Camaragibe, que atrai um maior número de visitantes ao município. Com clima agradável e coberto de verde, o local abriga diversos clubes de campos que alugam cavalos, spas, restaurantes acolhedores e hotéis campestres.

Principalmente nos finais de semana, é grande o movimento de carros subindo a ladeira de Aldeia com passageiros dispostos a desfrutar da tranqüilidade do campo nos confortáveis chalés, localizados em sítios rodeados de fruteiras e flores.


Distante apenas 16 km do Recife, o local já passou a ser residência fixa de muitas pessoas que, diariamente, "descem" para trabalhar e à noite retornam para a tranqüilidade do campo.

Fonte: cnm.org.br




Casa de Passagem implanta biblioteca pública em Camaragibe

As crianças da comunidade de Tabatinga, em Camaragibe ganham hoje, dia 25.02.2011, uma biblioteca infantil. Ela vai funcionar no núcleo comunitário do bairro com livros doados pelos moradores e pelas entidades parceiras da biblioteca: a organização governamental Casa de Passagem, União Europeia, Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e a Prefeitura de Camaragibe.

O espaço vai funcionar de segunda à sexta-feira e terá uma educadora pedagógica que atenderá crianças com idades entre seis e doze anos. O acesso ao material da biblioteca para leituras e alfabetização é gratuito.

O objetivo é melhorar a qualidade de vida de 4 mil crianças, adolescentes, jovens e mulheres em situação de vulnerabilidade social de comunidades pobres da Região Metropolitana do Recife (RMR).

O núcleo comunitário de Tabatinga funciona desde o início de 2010 através do Projeto Rede Cidadã, parceria entre a Casa de Passagem e a União Europeia. Os núcleos comunitários oferecem serviços gratuitos de atendimentos jurídico e psicológico, assistência social e cursos de formação e capacitação política como os de Promotoras Legais Populares (para mulheres) e o de Adolescentes Multiplicadores de Informações (para adolescentes), e cursos de qualificação profissional para adolescentes e mulheres de segunda a sexta-feira, das 13h às 17h por meio de uma equipe interdisciplinar: psicólogo, assistente social, advogado e educadora social. A partir de amanhã a biblioteca infantil também fará parte das atividades do núcleo comunitário de Tabatinga.